Translate

sábado, 17 de novembro de 2012


Estava ouvindo uma palestra em que o palestrante disse que nós brasileiros somos um povo muito hipócrita.
Pensando bem somos mesmo. Uma vez fui passear numa  casa de uma senhora alemã e perto da hora do almoço ela me disse o que eu queria comer,eu disse:pode ser qualquer coisa uma amiga que estava comigo disse- seja mais específica tudo bem gosto de batatas   fritas então ela me perguntou- quantas?Eu disse orra!!! Nós brasileiros não somos assim não quando alguém vai a nossa casa almoçar colocamos na mesa uma porrada de batatas, arroz, carne etc. eu para agradar disse para a senhora – me desculpe pelo transtorno que estou causando e ela me respondeu:- É um transtorno sim, pois tenho que ir ao mercado enfrentar a fila para comprar as batatas, mas, tudo bem faço isso com o maior prazer. Eu disse para minha amiga,que mulher mais sem educação ela sorriu e disse,nada disso é a cultura deles,nós brasileiros é que somos muito hipócritas,fingimos muito.Eu pensei é verdade ...quando em pleno domingo estamos dormindo e as sete horas da manhã  alguém como aquelas pessoas de uma certa religião bate em sua porta e diz: – Ti acordei,estou ti incomodano?Você responde – Nãoooo imagine!
Claro que Está!Como pode alguém ir a sua casa numa manhã de domingo sem ser convidado e pra falar coisas que você nem quer ouvir? Como não está incomodando?Aliás, está sendo inconveniente, mas ninguém tem coragem de falar.
E quando você vai viajar?Eu adoro viajar de ônibus!Fico olhando as paisagens,pensando,imaginando cada coisa e quando eu estou naquele momento só meu,no meu mundinho particular,senta do meu lado um FDP e dispara a falar,falar...às vezes conta sua vida inteira.Puta que pariu,vai se foderrrr, eu lá quero saber da vida de quem nem conheço,de quem nunca vi?Aliás, não quero saber da vida de ninguém nem de quem conheço. Aliás a pior coisa que tem é quando você encontra algum conhecido e perguntaL(eu não faço mais isso)-Olá como vai?E a pessoa vai lhe contar sua vida, seus problemas você naquela pressa tanta coisa para resolver faz menção de ir embora... e a pessoa lhe acompanha,falando,falando...Putz que mala e você fica ali com aquela cara de chuchu.É verdade somos um país de hipócritas.E na época de política então...vem aquele seu amigo que saiu candidato pede seu voto e sua ajuda para arrumar mais eleitores e você diz:-Pode deixar cara...eu estou contigo,vou ti ajudar!Acontece que você não tem só um “amigo” que saiu candidato e fala a mesma coisa pra todos eles, depois ainda diz:- Como esses políticos são falsos!!!Rarará.
Mas no Brasil é assim... se você fala  for verdadeiro,você é mal educado,grosso,polêmico (êta palavra bonita,eu gosto).Cultura é cultura fazer o que né?(...)
LICHAVES

Nenhum comentário:

Postar um comentário

vocêsabeessa

PRECONCEITO

MEUS AMIGOS Escolho meus amigos não pela pele ou outro arquétipo qualquer, mas pela pupila. Tem que ter brilho questionador e tonalidade inquietante. A mim não interessam os bons de espírito nem os maus de hábitos. Fico com aqueles que fazem de mim louco e santo. Deles não quero resposta, quero meu avesso. Que me tragam dúvidas e angústias e agüentem o que há de pior em mim. Para isso, só sendo louco. Quero os santos, para que não duvidem das diferenças e peçam perdão pelas injustiças. Escolho meus amigos pela alma lavada e pela cara exposta. Não quero só o ombro e o colo, quero também sua maior alegria. Amigo que não ri junto, não sabe sofrer junto. Meus amigos são todos assim: metade bobeira, metade seriedade. Não quero risos previsíveis, nem choros piedosos. Quero amigos sérios, daqueles que fazem da realidade sua fonte de aprendizagem, mas lutam para que a fantasia não desapareça. Não quero amigos adultos nem chatos. Quero-os metade infância e outra metade velhice! Crianças, para que não esqueçam o valor do vento no rosto; e velhos, para que nunca tenham pressa. Tenho amigos para saber quem eu sou. Pois os vendo loucos e santos, bobos e sérios, crianças e velhos, nunca me esquecerei de que "normalidade" é uma ilusão imbecil e estéril. Oscar Wilde