Translate

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Claudinho e Buchecha - Fico Assim sem Voce

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Cachoeira do escorrega Analândia

 
Posted by Picasa

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Política para mim = fazer com Ética, demonstrando bom Caráter.
Exemplo :
política da boa vizinhança = respeitar os limites de cada um
Podemos colocar aqui trocentos exemplos de política, que praticamos no nosso dia a dia.
Dessa forma, para mim, inexistem partidos políticos. Existem as pessoas, e é através do seu caráter e da sua prática com a ética que a admiro ou não. Meu sistema de classificação é binário. Os partidos políticos que conheço são 2 :
PB .... Pessoa Boa
PR .... Pessoa Ruim

domingo, 19 de agosto de 2012









Faz tempo que não escrevo,faltam-me palavras...
só consigo me lembrar das palavras soltas,
sem nexo
a vida é assim mesmo; 
tudo é sem nexo e complexo,
tento simplificar me sinto mais leve
 não perco o equilíbrio passo lento,
andar ao acaso,sem rumo,
ir para uma rota indireta de forma inconstante.
Parece incoerente?
- Estou tentando não desviar do trilho.
Tento não deixar que minha mente vá onde ela quer quando desejar .
Mas... não consigo tenho uma mente divagante(...)
Então me deixo livre...
Afinal estou só de passagem.
Ass:Lina Maria Chaves

quarta-feira, 15 de agosto de 2012


CONFISSÃO
Que esta minha paz e este meu amado silêncio
Não iludam a ninguém
Não é a paz de uma cidade bombardeada e deserta
Nem tampouco a paz compulsória dos cemitérios
Acho-me relativamente feliz
Porque nada de exterior me acontece...
Mas,
Em mim, na minha alma,
Pressinto que vou ter um terremoto!
Mario Quintana

BORBOLETAS

Quando depositamos muita confiança ou expectativas em uma pessoa, o risco de
se decepcionar é grande.

As pessoas não estão neste mundo para satisfazer as nossas expectativas, assim como não estamos aqui, para satisfazer as dela.

Temos que nos bastar... nos bastar sempre e quando procuramos estar com alguém, temos que nos conscientizar de que estamos juntos porque gostamos, porque queremos e nos sentimos bem, nunca por precisar de alguém.

As pessoas não se precisam, elas se completam... não por serem metades, mas por serem inteiras, dispostas a dividir objetivos comuns, alegrias e vida.

Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com a outra pessoa, você precisa em primeiro lugar, não precisar dela. Percebe também que aquela pessoa que você ama (ou acha que ama) e que não quer nada com você, definitivamente, não é o homem ou a mulher de sua vida.

Você aprende a gostar de você, a cuidar de você, e principalmente a gostar de quem gosta de você.

O segredo é não cuidar das borboletas e sim cuidar do jardim para que elas venham até você.

No final das contas, você vai achar
não quem você estava procurando, mas quem estava procurando por você!

Mario Quintana

Somos donos de nossos atos,
mas não donos de nossos sentimentos;
Somos culpados pelo que fazemos,
mas não somos culpados pelo que sentimos;
Podemos prometer atos,
mas não podemos prometer sentimentos...
Atos sao pássaros engailoados,
sentimentos são passaros em vôo.
Mario Quintana

O tempo

A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa.
Quando se vê, já são seis horas!
Quando de vê, já é sexta-feira!
Quando se vê, já é natal...
Quando se vê, já terminou o ano...
Quando se vê perdemos o amor da nossa vida.
Quando se vê passaram 50 anos!
Agora é tarde demais para ser reprovado...
Se me fosse dado um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio.
Seguiria sempre em frente e iria jogando pelo caminho a casca dourada e inútil das horas...
Seguraria o amor que está a minha frente e diria que eu o amo...
E tem mais: não deixe de fazer algo de que gosta devido à falta de tempo.
Não deixe de ter pessoas ao seu lado por puro medo de ser feliz.
A única falta que terá será a desse tempo que, infelizmente, nunca mais voltará.
Mario Quintana

Poema Transitório

(...) é preciso partir
é preciso chegar
é preciso partir é preciso chegar... Ah, como esta vida é urgente!

... no entanto
eu gostava mesmo era de partir...
e - até hoje - quando acaso embarco
para alguma parte
acomodo-me no meu lugar
fecho os olhos e sonho:
viajar, viajar
mas para parte nenhuma...
viajar indefinidamente...
como uma nave espacial perdida entre as estrelas.
Mario Quintana

sexta-feira, 10 de agosto de 2012



VAI EM PAZ MEU GURU E AMIGO DR PAREJA.ATÉ UM DIA.





Reconhecida Gratidão a Marcos Pareja


O Sistema de Gerenciamento dos Recursos Hídricos e Meio Ambiente das Bacias PCJ, registrou, ontem, no dia oito de agosto de 2012, a partida de seu “Respeitado, Presente e Eloquente parceiro de Luta”. Faleceu o Engenheiro Agrônomo e Professor Marco Pareja Gobbo, carinhosamente chamado de “Marquito”. O Sepultamento ocorreu nessa quinta-feira, dia nove, em Limeira (SP).

Participante da Plenária de Entidades do Consórcio PCJ, desde a década de 1990, representando a ONG PreservAÇÃO ( Associação de Proteção do Meio Ambiente de Limeira), defendendo as prioridades das Bacias PCJ e principalmente como um “Grande Articulador e Organizador do Segmento da Sociedade Civil, somando a partir de 1993 uma, também, vibrante atuação junto aos Comitês PCJ. Sendo que até a sua partida, vinha mantendo a mesma motivação e presença nas duas entidades.

O “Marquito” foi muito especial e um grande diplomata das águas, atuou fortemente quando da renovação da outorga do Sistema Cantareira em 2004, onde tivemos como resultado a Conciliadora “Gestão Compartilhada”. Mas, sempre, abriu portas para o segmento utilizando seus relacionamentos pessoais para permitir que a Educação Ambiental tivesse grandes espaços na imprensa, nos Clubes de Serviços, nas universidades, nas escolas públicas e privadas do 1º e segundo grau.

Marco Pareja seria homenageado pelo Consórcio PCJ, em função de sua atuação nas bacias PCJ, durante a entrega do 6º Prêmio Ação pela Água, no dia 27 de novembro.

Existem pessoas que falam e pessoas que realizam. Marcos Pareja contribuiu para a mudança da cultura regional em relação aos recursos hídricos e meio ambiente. Ao lado de sua esposa, ambientalista e apaixonada ambiental, “Senhora Beatriz”, construiu nas Bacias PCJ uma “Verdadeira História de amor pelas Águas e Meio Ambiente”. Muito obrigado “Casal Marcos e Beatriz”, o Consórcio PCJ e todos os militantes regionais agradecem com muita emoção.

Assessoria de Comunicação - Consórcio PCJ
Telefones/Fax: (19) 3475 9408 / 3475 9400
E-mail: imprensa@agua.org.br
www.agua.org.br



OBRIGADA DR PAREJA MEU GURU POR TDO Q ME ENSINOU Q DEUS LHE RECEBA DE BRAÇOS ABERTOS, EU FICO AQUI TRISTE POIS O MEIO AMBIENTE PERDEU SEU GRANDE DEFENSOR...ATÉ UM DIA.



















quinta-feira, 9 de agosto de 2012

sábado, 4 de agosto de 2012

Uma fala de um fazendeiro que acorda e descobre que seu cavalo fugiu.
Os vizinhos vêm e dizem:
-Que pena. Que azar terrível!
O fazendeiro responde:
-Talvez.
No dia seguinte, o cavalo retorna com mais alguns cavalos. Os vizinhos dão os parab

éns ao fazendeiro pela mudança na sorte.
-Talvez - diz o fazendeiro.
Quando seu filho tenta montar um dos cavalos novos, quebra a perna, e os vizinhos se condoem.
-Talvez - diz o fazendeiro.
E no dia seguinte, quando autoridades vêm alistar o filho - e não o levam por causa da perna quebrada - Todo mundo fica feliz.
-Talvez - diz o vizinho.

Já ouvi histórias assim antes. São lindas em sua simplicidade e entrega ao Universo. Imagino se eu poderia me apegar a algo de tamanho desapego. Não sei. Talvez.
SABEDORIA BUDISTA#

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

A ilusão do livre-arbítrio

Não importa o quanto você tentou e deu errado, não importa o quanto você confiou e quebrou a cara, não importa quantas vezes você deu viagem perdida, não importa se você teve que andar na chuva, muito menos as vezes que seu coração foi partido… as coisas simplesmente acontecem! O importante é não se arrepender de nada, viver cada dia, arriscar e ter a certeza que para cada lágrima que você derramar hoje, vão ter duas gargalhadas de perder o ar amanhã, algumas pessoas vão te amar pelo que você é, e outras, vão te odiar pelo mesmo motivo… acostume-se!

vocêsabeessa

PRECONCEITO

MEUS AMIGOS Escolho meus amigos não pela pele ou outro arquétipo qualquer, mas pela pupila. Tem que ter brilho questionador e tonalidade inquietante. A mim não interessam os bons de espírito nem os maus de hábitos. Fico com aqueles que fazem de mim louco e santo. Deles não quero resposta, quero meu avesso. Que me tragam dúvidas e angústias e agüentem o que há de pior em mim. Para isso, só sendo louco. Quero os santos, para que não duvidem das diferenças e peçam perdão pelas injustiças. Escolho meus amigos pela alma lavada e pela cara exposta. Não quero só o ombro e o colo, quero também sua maior alegria. Amigo que não ri junto, não sabe sofrer junto. Meus amigos são todos assim: metade bobeira, metade seriedade. Não quero risos previsíveis, nem choros piedosos. Quero amigos sérios, daqueles que fazem da realidade sua fonte de aprendizagem, mas lutam para que a fantasia não desapareça. Não quero amigos adultos nem chatos. Quero-os metade infância e outra metade velhice! Crianças, para que não esqueçam o valor do vento no rosto; e velhos, para que nunca tenham pressa. Tenho amigos para saber quem eu sou. Pois os vendo loucos e santos, bobos e sérios, crianças e velhos, nunca me esquecerei de que "normalidade" é uma ilusão imbecil e estéril. Oscar Wilde