Translate

sábado, 30 de maio de 2009

Pra Você

Todas as cartas de amor são iguais e ridículas,como diz o poeta:"Não seriam cartas de amor se não fozem ridículas". E o que vou te escrever é uma carta de amor ridícula e chata. Começa assim:como toda carta de amor... EU TE AMO! Sem você, minha vida é chata e vazia.o céu não é azul,as estrelas não brilham quero você...Não quero ser tua dona,nem que seja meu dono. Quero apenas seus momentos disponíveis,quero o que há de pior em você,não precisa fingir,quero seus piores defeitos,seu mal humor.Eu também vou dar o que há de pior em mim,nada de hipocrisias. Eu não quero seu tudo e nem você terá tudo de mim, nem quero ser sua para sempre(nada é para sempre). Deixe-me apenas te amar e viver esse amor sem cobranças,quero somente muitos momentos felizes,e quando você se for ou eu quizer partir as portas estarão abertas,escancaradas. Vamos apenas dizer: Valeu a pena!!! Como diz o poeta: "Que meu amor seja eterno equanto dure"!!! Bjusssssssssssssssssssssssssss Te Amo...Agora. Lina
A estrela

Estava Deus, a caminhar, calmamente, pelo universo... Contemplava sua criação, e, aproveitando o passeio, verificava se tudo estava correndo bem. Em certo ponto de sua caminhada, deparou-se com uma de suas estrelas, num choro compulsivo...Com certa tristeza, aproximou-se e perguntou docemente: Por que choras, minha filha? A pobre estrela, aos prantos, mal conseguia falar : - Sabe, meu Pai... Estou triste... não consigo achar uma razão para a minha existência... O sol, com toda a sua magnitude, fornece calor, luz e energia às pessoas... As estrelas cadentes, incentivam paixões e sonhos... Os cometas, geram dúvidas e mistérios... E eu, aqui... parada... Deus ouviu tudo atentamente... com doçura e paciência, decidiu explicar à estrela os porquês, porém, foi interrompido por uma voz, que vinha de longe... Era uma criança, que caminhava com sua mãe, em um dos planetas da região... A criança dizia à sua mãe: Veja mamãe! O dia já vai nascer! A mãe ficou meio confusa... como podia, uma criança, que mal sabia as horas, saber que o sol já nasceria, mesmo estando tão escuro? Como você sabe disso, meu filho? Veja aquela estrela! Papai me disse que ela anuncia o novo dia. Ela sempre aparece pouco antes do sol, e aponta o lugar de onde o sol vai sair... Ouvindo aquilo, a estrela pôs-se a chorar... Deus, calmamente lhe falou :Podes ver? Sabes agora, o motivo de tua existência? Tudo o que criei, fiz por alguma razão de ser. És a estrela que anuncia o novo dia.. .

E com o novo dia, renovam-se as esperanças, os sonhos... E serves para orientar os homens, para onde caminhar. Ao te ver, sabem que não estão perdidos, pois sabem qual o seu destino. A estrela ouviu tudo atentamente... Sentiu uma alegria celestial invadindo sua vida... A partir de então, ela brilhou cada vez mais, pois sabia que era importante e indispensável ao ciclo da vida. Todos nós temos uma razão para estarmos aqui...

Mesmo se não soubermos qual é exatamente esta razão, devemos viver a vida intensamente, semeando amor e espalhando alegrias... Só assim, a estrela que habita em nossos corações brilhará mais forte, iluminando a todos que estão à nossa volta. Fazendo isso, estaremos iluminando nossas próprias vidas. Felicidades!!! Que sua estrela brilhe sempre... Rivair

quarta-feira, 27 de maio de 2009

"Quando alguém vos mostrar os grandes e poderosos da terra e vos disser: Aí estão os teus amos, não lhe deis ouvidos. Se forem justos, serão vossos servidores; se injustos, vossos tiranos." ( Félicité Robert de Lamennais )

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Círculos fechados

É preciso saber sempre quando se acaba uma etapa da vida. Se insistimos em permanecer nela, depois do tempo necessário, perderemos a alegria e o sentido do resto. Fechando círculos, fechando portas ou fechando capítulos, como queira chamar, o importante é poder fechá-los, deixar ir momentos da vida que se vão enclausurando.

Terminou seu trabalho? Acabou a relação? Já não mora mais nessa casa? Deve viajar? A amizade acabou? Você pode passar muito tempo do seu presente dando voltas ao passado, tentando modificá-lo... O desgaste será infinito, porque na vida, você, seus amigos, filhos, irmãos, todos estamos destinados a fechar capítulos, virar páginas, terminar etapas ou momentos da vida, e seguir adiante.

Não podemos estar no presente sentindo falta do passado. O que aconteceu, aconteceu. Não podemos ser filhos eternamente, nem adolescentes eternos, nem empregados de empresas inexistentes, nem ter vínculos com quem não quer estar vinculado à nós.

Os acontecimentos e as pessoas passam por nossas vidas e temos que deixá-los ir! Por isso, às vezes é tão importante esquecer de lembrar, trocar de casa, rasgar papéis, jogar fora presentes desbotados, dar ou vender livros...

Na vida ninguém joga com cartas marcadas, e a gente tem que aprender a perder e a ganhar. O passado passou: não espere que o devolvam. Também não espere reconhecimento, ou que saibam quem você é. A vida segue para frente, nunca para trás.

Se você anda pela vida deixando portas "abertas", nunca poderá desprender-se, nem viver o hoje com satisfação. Casamentos, namoros ou amizades que não se fecham, possibilidades de "regresso" (a quê?), necessidade de esclarecimentos, palavras que não foram ditas, silêncios... Fazer a faxina emocional e arrumar espaço nas gavetas do futuro para o novo.

Não por orgulho ou soberba, mas porque você já não se encaixa ali, naquele lugar, naquele coração, naquela casa, naquele escritório, naquele cargo...

Você já não é o mesmo que foi há dois dias, há três meses, há um ano... Portanto, nada tem que voltar!!! Rivalcir

sábado, 23 de maio de 2009

Quero ocupar os latifũndios mentais que a desinformação cultiva Quero plantar conhecimento em toda mente improdutiva Quero colher resultados em forma de arte e educação Minha guerrilha é cultural! - VIVA A REVOLUÇÃO! (Por Serginho Poeta)

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Um simples conselho Certa vez um jovem muito rico foi procurar um rabi para lhe pedir um conselho. Toda a fortuna que possuía não era capaz de lhe proporcionar a felicidade tão sonhada. Falou da sua vida ao rabi e pediu a ajuda. Aquele homem sábio o conduziu até uma janela e lhe pediu para que olhasse para fora com atenção, e o jovem obedeceu. - O que você vê através do vidro, meu rapaz? - Vejo homens que vêm e vão, e um cego pedindo esmolas na rua. Então o homem lhe mostrou um grande espelho e novamente o interrogou: - O que você vê neste espelho? - Vejo a mim mesmo, disse o jovem prontamente. - E já não vê os outros, não é verdade? E o sábio continuou com suas lições preciosas: - Observe que a janela e o espelho são feitos da mesma matéria prima: o vidro. Mas no espelho há uma camada fina de prata colada ao vidro e, por essa razão, você não vê mais do que sua própria pessoa. Se você se comparar a essas duas espécies de vidro, poderá retirar uma grande lição. Quando a prata do egoísmo recobre a nossa visão, só temos olhos para nós mesmos e não temos chance de conquistar a felicidade efetiva. Mas quando olhamos através dos vidros limpos da compaixão, encontramos razão para viver e a felicidade se aproxima. Por fim, o sábio lhe deu um simples conselho: - Se quiser ser verdadeiramente feliz, arranque o revestimento de prata que lhe cobre os olhos para poder enxergar e amar aos outros. Eis a chave para a solução dos seus problemas. Se você também não está feliz com as respostas que a vida tem lhe oferecido, talvez fosse interessante tentar de outra forma. Muitas vezes, ficamos olhando somente para a nossa própria imagem e nos esquecemos de que é preciso retirar a camada de prata que nos impede de ver a necessidade à nossa volta. Quando saímos da concha de egoísmo, percebemos que há muitas pessoas em situação bem mais difícil que a nossa e que dariam tudo para estar em nosso lugar. E quando estendemos a mão para socorrer o próximo, uma paz incomparável nos invade a alma. É como se Deus nos envolvesse em bênçãos de agradecimento pelo ato de compaixão para com Seus filhos em dificuldades. Ademais, quem acende a luz da caridade, é sempre o primeiro a beneficiar-se dela. E a caridade tem muitas maneiras de se apresentar: Pode ser um sorriso gentil... Uma palavra que anima e consola... Um abraço de ternura... Um aperto de mão... Um pedaço de pão... Um minuto de atenção... Um gesto de carinho... Uma frase de esperança... E quem de nós pode dizer que não necessita ou nunca necessitará dessas pequenas coisas? Kahlil Gibran

quarta-feira, 20 de maio de 2009

SEJA UM IDIOTA - A. Jabor A idiotice é vital para a felicidade Gente chata essa que quer ser séria, profunda e visceral sempre. Putz! A vida já é um caos, por que fazermos dela, ainda por cima, um tratado? Deixe a seriedade para as horas em que ela é inevitável: mortes, separações, dores e afins. No dia-a-dia, pelo amor de Deus, seja idiota! Ria dos próprios defeitos. E de quem acha defeitos em você. Ignore o que o boçal do seu chefe disse. Pense assim: quem tem que carregar aquela cara feia, todos os dias, inseparavelmente, é ele. Pobre dele. Milhares de casamentos acabaram-se não pela falta de amor, dinheiro, sexo, sincronia, mas pela ausência de idiotice. Trate seu amor como seu melhor amigo, e pronto. Quem disse que é bom dividirmos a vida com alguém que tem conselho pra tudo, soluções sensatas, mas não consegue rir quando tropeça? hahahahahahahahaha!... Alguém que sabe resolver uma crise familiar, mas não tem a menor idéia de como preencher as horas livres de um fim de semana? Quanto tempo faz que você não vai ao cinema? É bem comum gente que fica perdida quando se acabam os problemas. E daí, o que elas farão se já não têm por que se desesperar? Desaprenderam a brincar. Eu não quero alguém assim comigo. Você quer? Espero que não. Tudo que é mais difícil é mais gostoso, mas... a realidade já é dura; piora se for densa. Dura, densa, e bem ruim. Brincar é legal. Entendeu? Esqueça o que te falaram sobre ser adulto, tudo aquilo de não brincar com comida, não falar besteira, não ser imaturo, não chorar, não andar descalço, não tomar chuva. Pule corda! Adultos podem (e devem) contar piadas, passear no parque, rir alto e lamber a tampa do iogurte. Ser adulto não é perder os prazeres da vida - e esse é o único "não" realmente aceitável. Teste a teoria. Uma semaninha, para começar. Veja e sinta as coisas como se elas fossem o que realmente são: passageiras. Acorde de manhã e decida entre duas coisas: ficar de mau humor e transmitir isso adiante ou sorrir... Bom mesmo é ter problema na cabeça, sorriso na boca e paz no coração! Aliás, entregue os problemas nas mãos de Deus e que tal um cafezinho gostoso agora? "A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso cante, chore, dance e viva intensamente antes que a cortina se feche"

sexta-feira, 15 de maio de 2009

Sozinho - Caetano Veloso Às vezes, no silêncio da noite Eu fico imaginando nós dois Eu fico ali sonhando acordado, juntando o antes, o agora e o depois por que você me deixa tão solto? por que você não cola em mim? me sentindo muito sozinho! Não sou nem quero ser o seu dono É que um carinho às vezes cai bem Eu tenho meus segredos e planos secretos só abro pra você mais ninguém por que você me esquece e some? e se eu me interessar por alguém? e se ela, de repente, me ganha? Quando a gente gosta é claro que a gente cuida fala que me ama só que é da boca pra fora ou você me engana ou não está madura onde está você agora? Quando a gente gosta é claro que a gente cuida fala que me ama só que é da boca pra fora ou você me engana ou não está madura onde está você agora? (Letra Peninha)

sexta-feira, 8 de maio de 2009

Eu quero você Não sei mais o que fazer para te esquecer Você entrou na minha vida tão de repente Que eu não tive tempo de escapar Acho que estava distraída não vi você chegar Agora como eu faço para te esquecer? Terapia? Academia? vou rezar? Eu sei que você não me ama Também nunca amei ninguém Por isso estou perdida confusa Eu quero você Tanto... Tanto! Que nem sei quanto... Sei que é mais do que eu posso suportar Te amo Te amo Te amo Só isso...

Como nunca amei ninguém - Exaltasamba

Nunca pensei que você Me deixaria desse jeito Sem dormir direito Imaginei que fosse um passatempo qualquer Uma aventura de amor Mas meu coração me enganou E agora meu mundo é seu mundo Seu corpo é meu corpo, é um só É um sentimento maior Te amo como nunca amei ninguém Te quero como nunca quis um dia alguém Você mudou a minha história Todo dia a todo momento Está presente em meu pensamento Perco a noção do tempo só por causa de você EU TE AMO !!

terça-feira, 5 de maio de 2009

HOJE LI CAETANO

Hoje li Caetano Caetano é meio embolado,meio confuso... Super inteligente,eu sou um pouco Caetano. Quanto besterol!Quem sou eu? Eu penso que o mundo é quadrado e cada um fica no seu canto estou meio no meio sem saber para onde ir,não posso proseguir,minha vida é uma vida vivida sem vida. Sou nada- miserável-sou a escórnea etc...etc... Nenhuma descendência estrangeira,sou uma mistura ,uma salada,um bicho do mato - indomável. Nada de regras de ordens etc...etc...etc... Vivo correndo atrás do perigo mas ele foge A sociedade vai mal - obrigada - muita hipocrisia, pouca poesia. Polítcos corruptos Pobres corruptos Advogados corruptos Juizes corruptos Eu corrupta(falta pouco) Perdoem minha sinceridade eu a uso pouco. Minha infância foi melancólica Faltou - me pão Hoje falta dignidade Não preciso de esmolas Quero um País que me respeite Talvez... não sei. Falta? Falta? Falta? Seria bom alguém me ouvir - Mas quem? Não vou abaixar a cabeça e dizer: OBRIGADA. Será melhor assim...

sábado, 2 de maio de 2009

Se um dia alguém fizer com que se quebre a visão bonita que você tem de si, com muita paciência e amor reconstrua-a.

Assim como o artesão recupera a sua peça mais valiosa que caiu no chão, sem duvidar de que aquela é a tarefa mais importante, você é a sua criação mais valiosa.

Não olhe para trás. Não olhe para os lados. Olhe somente para dentro, para bem dentro de você e faça dali o seu lugar de descanso, conforto e recomposição. Crie este universo agradável para si e seja feliz. O mundo agradecerá o seu trabalho.

Brahma Kumaris

vocêsabeessa

PRECONCEITO

MEUS AMIGOS Escolho meus amigos não pela pele ou outro arquétipo qualquer, mas pela pupila. Tem que ter brilho questionador e tonalidade inquietante. A mim não interessam os bons de espírito nem os maus de hábitos. Fico com aqueles que fazem de mim louco e santo. Deles não quero resposta, quero meu avesso. Que me tragam dúvidas e angústias e agüentem o que há de pior em mim. Para isso, só sendo louco. Quero os santos, para que não duvidem das diferenças e peçam perdão pelas injustiças. Escolho meus amigos pela alma lavada e pela cara exposta. Não quero só o ombro e o colo, quero também sua maior alegria. Amigo que não ri junto, não sabe sofrer junto. Meus amigos são todos assim: metade bobeira, metade seriedade. Não quero risos previsíveis, nem choros piedosos. Quero amigos sérios, daqueles que fazem da realidade sua fonte de aprendizagem, mas lutam para que a fantasia não desapareça. Não quero amigos adultos nem chatos. Quero-os metade infância e outra metade velhice! Crianças, para que não esqueçam o valor do vento no rosto; e velhos, para que nunca tenham pressa. Tenho amigos para saber quem eu sou. Pois os vendo loucos e santos, bobos e sérios, crianças e velhos, nunca me esquecerei de que "normalidade" é uma ilusão imbecil e estéril. Oscar Wilde