Translate

sábado, 3 de março de 2012

Acreditar na Vida

É ter esperança no amanhã.
Saber que após a noite vem o dia.
Viver intensamente as emoções!
Pular de alegria. 
Não invadir o espaço alheio.
Ser espontâneo. 
Apreciar o nascer e o pôr-do-sol.
Amar as pessoas incondicionalmente.
Aproveitar todos os momentos…
Fazer trabalho voluntário.
Vencer a depressão! É cantar no chuveiro.
Confiar na voz da intuição. Perdoar as pessoas.
Estimular a criatividade. 
Não se prender a detalhes.
Brincar como uma criança. Chorar de felicidade…
Deixar para lá. 
Ter pensamento positivo.
Respeitar os sentimentos dos outros. 
Rir sozinho.
Saber trabalhar em equipe. Ser sincero.
Encontrar a felicidade nas pequenas coisas.
Entender que somos pessoas únicas.
É dançar sem medo.
Não se apegar a bens materiais.
Respirar a brisa do mar.
Ouvir a melodia suave de uma fonte.
Observar a natureza. 
Adorar um dia de chuva.
Ter motivação! Enxergar além das aparências.
Descobrir que precisamos dos outros.
Esquecer o que já passou. 
Buscar novos horizontes.
Perceber que somos humanos. 
Vencer a nós mesmos.
Ver a beleza da alma. Sair da passividade.
Saber que a vida é conseqüência de nossas atitudes…
Não procrastinar as decisões. 
Mimar a criança interior.
Deixar acontecer… 
Praticar a humildade. Adorar calor humano.
Curtir as pequenas vitórias. 
Viver apaixonado pela vida!
Visualizar só coisas boas. 
Entender que há limites.
Mentalizar positivo. Ter auto-estima.
Colocar sua energia positiva em tudo que realizar!
Ver a vida com outros olhos…
Só se arrepender do que não fez.
Fazer parcerias com os amigos. Crescer juntos.
Dormir feliz. 
Emanar vibração de amor…
Saber que estamos só de passagem.
Melhorar os relacionamentos.
Aproveitar as oportunidades. 
Ouvir o coração…

Clique aqui para ler mais: http://www.forumespirita.net/fe/mensagens-de-animo/acreditar-na-vida/#ixzz1o4oZKsbD

Nenhum comentário:

Postar um comentário

vocêsabeessa

PRECONCEITO

MEUS AMIGOS Escolho meus amigos não pela pele ou outro arquétipo qualquer, mas pela pupila. Tem que ter brilho questionador e tonalidade inquietante. A mim não interessam os bons de espírito nem os maus de hábitos. Fico com aqueles que fazem de mim louco e santo. Deles não quero resposta, quero meu avesso. Que me tragam dúvidas e angústias e agüentem o que há de pior em mim. Para isso, só sendo louco. Quero os santos, para que não duvidem das diferenças e peçam perdão pelas injustiças. Escolho meus amigos pela alma lavada e pela cara exposta. Não quero só o ombro e o colo, quero também sua maior alegria. Amigo que não ri junto, não sabe sofrer junto. Meus amigos são todos assim: metade bobeira, metade seriedade. Não quero risos previsíveis, nem choros piedosos. Quero amigos sérios, daqueles que fazem da realidade sua fonte de aprendizagem, mas lutam para que a fantasia não desapareça. Não quero amigos adultos nem chatos. Quero-os metade infância e outra metade velhice! Crianças, para que não esqueçam o valor do vento no rosto; e velhos, para que nunca tenham pressa. Tenho amigos para saber quem eu sou. Pois os vendo loucos e santos, bobos e sérios, crianças e velhos, nunca me esquecerei de que "normalidade" é uma ilusão imbecil e estéril. Oscar Wilde